sábado, 19 de dezembro de 2009

JUVENTUS 2005

CAMPANHA 2005 - Segunda Divisão do Campeonato do Rio Grande do Sul.

06/03/2005 – NACIONAL CA 1 X 2 JUVENTUS. A estréia do Juventus na Série B aconteceu, no domingo, dia 06 de março de 2005, no Estádio Morro dos Ventos Uivantes, em Cruz Alta. Com a temperatura acima de 40 graus, o jogo teve pouca velocidade. O Juventus chegou estar vencendo por 2 a 0, gols de Paulo Leandro e Fogolari. Fábio Buda ainda descontou no 1º tempo. Por falta violenta Juarez do Nacional foi expulso. O jogo ficou nisso. O Nacional formou com: Jocelito; Adriano, Claudiomiro, Edegar (Flávio) e Juarez; Dione, Isidoro, Bananinha e Robson (Rafael); Chico (Daniel) e Fábio Buda. Técnico: Lázaro Patron. O Juventus venceu com: Mano; Alexandre, Fogolari, Claudiomar, e Evandro; Lini, Luis Ernesto e Paulo Leandro (Júlio) e Lucas; Élder (Erivelton), e Lucar Ribeiro (Jelso). Técnico: Beto Campos. Arbitragem de Anderson daronco com Ilson Soares e Dirceu castiglione (Santa Maria).

08/03/2005 – JUVENTUS 1 X 1 SER SANTO ANGELO – Num jogo bastante tumultuado no Estádio Carlos Denardin, as 20:30 horas de quarta-feira, em que o árbitro perdeu o comando das ações, sendo agredido por Airton do Santo Ângelo. Claudimior, cobrando falta abriu o placar, quando a bola desviou em Locatelli e traiu o goleiro Charles. Na 2ª etapa numa bola alçada na área Kaiser empatou para o Santo Ângelo. Após Alexandre e Segheto foram expulsos. Depois, o ala Ivo agrediu o árbitro com uma cabeçada sangrando sua boca. Depois de atendido pelo Depto. Médico do Juventus expulsou o jogador. O jogo continuou tumultuado e mais expulsões; agora do treinador Leocir Dallastra e do Preparador Elton Michelson, além do Goleiro reserva Gessé. O jogo terminou 1 a 1 após muita confusão por parte do Santo Ângelo que durante todo o jogo praticou a anti-desportividade. O Juventus formou com: Mano, Alexandre, Fogolari, Claudiomar e Evandro (Gasparetto); Lino, Luis Ernesto (Rodrigo) Lucas e Paulo Leandro; Lucas Ribeiro (Jelso), e Élder. Técnico Beto Campos. O Santo Ângelo jogou com: Charles; Ivo, Jesum, Airton e Locatelli (segheto); Kaiser, Wagner, Bagé e Diniz (Renato); Ricardo Correa e André Ijuí (Vagner). Técnico: Leocir Dallastra. Arbitragem ruim de Luís Antônio Lima dos Santos com Noel Torquato Ribeiro e Ênio Damasceno.

13/03/2005 – JUVENTUS 2 X 1 TUPY – Estádio Carlos Denardin. 16 horas. Juventus: Mano; Lucas Ribeiro, Fogolari, Claudiomar (Jelso) e Ânderson (Evandro); Lino, Luis Ernesto (Maikel) , Paulo Leandro e Lucas; Rodrigo e Elder. Técnico: Beto Campos. Tupy: Edson; Maurício, Éderson, Didi, André e Aranha (João Franco – Alexandre); Michle, Rafa e Aldair; (Daltro e Fabiano Claudiomiro). Técnico: Jair Fernandes. Arbitragem de Marcos Saccon com Celso Schaeffer e Eduardo Chaves. Gols de Fogolari no 1º tempo e Aldair cobrando falta e Maikel. Expulsões Rafa e Lino.

16/03/2005 –FLAMENGO 1 X 0 JUVENTUS– Estádio Irineu Colatto 16 horas. Flamengo: Everton; Tinga, João Carlos, Luiz Daniel e Dander (Leonardo); Jéferson, Samuel (Paulão), Doda e Maninho; Luiz Fernando e Marcelinho (Carazinho) Técnico: Édson da Rosa. Juventus: Mano; Alexandre, Fogolari, Claudiomar (Jelso) e Evandro; Lucas, Luis Ernesto, Paulo Leandro e Lucas Ribeiro; Rodrigo (Maikel) e Élder. Técnico: Beto campos. Arbitragem de José Luiz Ristow com Celso Schaeffer e Eduardo Chaves. Gol de Maninho aos 32’ do 2º tempo.

23/03/2005 – TRES PASOS 1 X 0 JUVENTUS - Estádio Luís de Medeiros. 16 horas. Não temos a formação do Três Passos. O Juventus iniciou a partida com: Mano; Alexandre, Fogolari, Claudiomar e Evandro; Lino, Luís Ernesto, Lucas e Maikel; Paulo Leandro e Anderson. Técnico Beto Campos. Gol de Michel aos 37’ do 1º tempo. Expulsão: Elis do Três Passos. Arbitragem de Marcos Saccon com Celso Scheffer e Ênio Damasceno.

31/03/05 – JUVENTUS 1 X 0 SÃO LUIZ 20:30 horas. Estádio Carlos Denardin. Juventus: Mano; Alexandre, Claudiomar, Jelso e Evandro; Lino, Lucas (Betão),e Luis Ernesto; Maikel (Vago), Paulo Leandro e Anderson Venâncio ( Lucas Ribeiro). Técnico Beto Campos. São Luiz: Donizeti: Funé, SérgioVieira, Adriano e Flavinho; Maurício (Mainardi) Márcio Bolacha (Jean) Maranhão; Sander, Chiquinho e Magnus Chibinha (Fabiano Diniz). Técnico Jair Galvão. Arbitragem de Cruz Alta; Paulo Renato Piccinini Meirelles com Jair Roberto Vieira e Volmir Antônio Klein. Gol de Paulo Leandro de Pênalti aos 30’ do 2º tempo. Expulsões: Chiquinho e Evandro. Após o jogo atletas do São Luiz foram discutir com a arbitragem quando um jogador agrediu um dos soldados, que fazia a segurança do trio, o qual revidou com uma cacetada na nuca e foi para o pronto socorro onde ficou em observação até a madrugada.

03/04/05 – JUVENTUS 0 X 1 NACIONAL 16horas. Estádio Carlos Denardin. Numa partida em que o Juventus atacou o tempo todo, com inúmeras oportunidades de gols, nos dois tempos, perdeu por um a zero, numa estocada em contra ataque, no final do jogo, o Nacional fez o gol da vitória.Juventus: Mano; Alexandre, Fogolari, Jelso e Anderson (Maikel); Lino, Luis Ernesto (Lucas) e Paulo Leandro; Lucas Ribeiro, Erivelton (Vago) e Anderson Venâncio. Técnico: Beto Campos. Nacional: Marcos; Peretto, Edegar, Lucas e Zi Teixeira (Juares); Rafael, Isidoro (Marquinhos) e Robson; Dione, Derli e Bananinha. Técnico: Claudiomiro Kerchner. Arbitragem de Clóvis Pizzolotto com Marcos Saccon e Cristiano dos Santos. Gol de Robson aos 41’ do 2º tempo. No 1º tempo o atleta do Nacional, Isidoro, sofreu uma pancada na cabeça e foi conduzido inconsciente para o hospital.

06/04/2005 – SANTO ÂNGELO 2 X 3 JUVENTUS - 17:15 Horas. Estádio da Zona Norte. O jogo estava previsto para as 20:30 horas, mas o santo Ângelo tem a sua energia cortada, por falta de pagamento para a companhia energética, e marcou para as 15:30 horas sem comunicar a FGF. Assim, o trio de arbitragem não compareceu no local, a não ser após terem sido avisados, da antecipação do jogo. Por falta de visibilidade, pois anoiteceu o jogo encerrou aos 36’ do 2º tempo. O Juventus atuou com: Michel; Alexandre, Fogolari, Claudiomar e Evandro; Lino, Luis Ernesto (Lucas), Paulo Leandro e Lucas Ribeiro; Maikel (Élder), e Anderson (vago) Técnico Beto Campos. Santo Ângelo: Gesse; Wagner Rincon, Jésum, Airton e Segheto; Locatelli,Marco Antônio (Diniz), Cláudio Freitas (André Fin) e Bagé; Maurício e André Ijuí (Ricardo Correa). Técnico Bebeto Rosa. Arbitragem de Nairon Silva com Edegar da Silva Finck e Volmir Antônio Klein (de Cruz Alta). Os gols foram de André Ijuí, Anderson, de bicicleta empatou. Wagner Rincon fez 2 a 1. Michael defendeu um pênalti batido por Cláudio Freitas. A partir daí começou a reação do Juventus. Claudiomar, de falta, empatou e Paulo Leandro, numa falha do goleiro, fez o gol da vitória.

10/04/2005 – TUPY 0 X 3 JUVENTUS - 15:30 horas. Estádio Eucaliptos - Rubro-negro. Tupy: Ivens; Maurício, Didi, André e Éderson; Aldair, Rafael (Igor) e João Franco (Dudu) ; Rodrigo, Alexandre e Dino (Daltro); Técnico: Jair Fernades. Juventus: Michael; Alexandre, Fogolari, Claudiomar e Evandro; Lino, Luís Ernesto e Paulo Leandro; Lucas Ribeiro, Elder (Maikel) e Anderson. Arbitragem de Rafael Nunes com Eduardo Chaves e Noel Torquato Ribeiro. Gols de Luís Ernesto aos 6’ do 1º tempo e Maikel aos ... e 37’ do 2º tempo. Expulsão: Maurício.

14/04/2005 – JUVENTUS 0 X 0 FLAMENGO. 20:30 horas. Estádio Carlos Denardin. Juventus: Michel; Alexandre, Fogolari ( Gasparetto), Claudimar e Evandro; Lino, Luís Ernesto e Paulo Leandro; Lucas Ribeiro (Vago) Maikel (Erivelton) e Anderson. Técnico Beto campos. Flamengo: Everton; Tinga, Luís Daniel (Paulão), Luciano e Tander; Jéferson, Toledo e Doda; Marcelino (Carazinho) Leonardo e João Carlos. Técnico Edson Rosa. O jogo muito truncado, foi apitado por Nairon Oberto da Silva c/Carlos Augusto Truss e Jair Roberto Vieira, da Delegacia de Cruz Alta.

21/04/2005 – JUVENTUS 2 X 1 TRES PASSOS. 15:30 horas. Estádio Carlos Denardin. Juventus: Michel; Alexandre (Gasparetto), Fogolari, Claudiomar e Evandro; Lino, Luís Ernesto e Paulo Leandro; Lucas Ribeiro, Maikel (Vago) e Erivelton (Betão). Técnico Beto Campos. Três Passos: Müller: Elias, Vítor Hugo, Biondo e Jaime (Cleber); Maurício (Leandro) Bocha e Marcinho; Michel (Chico) Castro e Téo. Técnico Amauri Vieira, vulgo Quexada. Os gols: Claudiomar aos 2’ do 1º tempo, aparando de cabeça na cobrança de escanteio. O Três Passos empatou aos 24’ do 2º tempo, numa cobrança de falta em que falhou o sistema defensivo do Juventus. O gols da vitória venho aos 37’ do 2º tempo, na cobrança de uma penalidade, por Lucas Ribeiro, resultado de um tranco de um zagueiro, sofrido dentro da área por Erivelton. A arbitragem, da Delegacia de Ijuí, foi: João Carlos dos Santos c/ Eduardo Chaves e Noel Torquato Ribeiro.

24/04/2005 – SÃO LUIZ 3 X 1 JUVENTUS – Estádio 19 de Outubro. 16 horas. São Luiz: Donizeti; Fume, Serginho (Jean) , Adriano e Chiquinho; Roberto, Márcio Bolacha e Flavinho; Fabiano Diniz, Marcelo Buda e Magno (Mainardi).Técnico Jaor Galvão. Juventus: Michel; Júlio, Betão, Claudiomiro e Evando;Lino, Luis Ernesto (Eder) e Paulo Leandro; Lucas Ribeiro, Elivelton (Jonathan) e Anderson Venâncio. Técnico Beto Campos. Arbitragem de Cezar Augusto Alves da Silva com José Airton Pletsch e João Elton Chagas Vargas. Gols de Adriano aos 22’ e Anderson aos 29’ do 1º tempo. Serginho aos 19’, Jean aos 29’ do 2W tempo. Expulsão: Betão e Gelson do Juventus.

1º/05/2005 – LAJEADENSE 3 X 2 JUVENTUS – Estádio Florestal. 17 horas. Lajeadense: Maxwel; Dedé, Fernando (Coletti), André e Júniors; Sílvio, Paulinho e Maurinho; Max, Lenaadro Marcelinho e Pavão. Técnico: Chiquinho. Juventus: Michael; Alexandre, Fogolari, Claudiomar e Evandro; Maikel (Vago), Luís Erneso: Lucas Ribeiro Gasparetto (Marquinhos) Paulo Leandro e Anderson Valêncio. Técnico Beto Campos. Arbitragem de Dejalmo Oliveira c/ João Antônio Becker e Márcio Fabiano Muniz. Gols de Lucas aaos 18 e 25 do 1º tempo e Coletti aos 5 e 40 e Max aos 8 do 2º tempo.

05/05/2005 – JUVENTUS 2 X 1 14 DE JULHO – Estádio Carlos Denardin. 20:30 Juventus Michael; Alexandre (Marquinho) Fogolari, Evandro e Gasspareto (Elivelton); Júlio, Luís Ernesto e Paulo Leandro; Lucas Ribeiro, Maikel (Vag) e Anderson Venâncio. Técnico Beto Campos. 14 de Julho: Ângelo; Jéferson, Leandro, Rafael e Marcelo (Helinho); Pino (Dudu), Keno (Nilton César) e André; Juliano, Paulinho e Geovani. Técnico Júlio César Rosa. Arbitragem de Iltob Marcos Alves de Souza c/Edegar da Silva Truck e Carlos Augusto Truss. Gols e Giovani de Penaltoi aos 4 , Lucas de pênalti aos 20 e Vago aos 29 do 2º tempo. Expulsão: Luis Ernesto.

08/05/2005 – SANTO ÂNGELO 2 X 1 JUVENTUS - Estádio da Zona Sul. 19 horas. Santo Ângelo; Charles; Vinicius, Luciano Vieira, Kaiser e André Segheto; Jésum, Maurício e Diniz; Airton, Ricardo Correa e André Ijuí. Técnico: Bebeto Rosa. Juventus: Michael; Alexandre, Fogolari, Claudiomiro e Evandro; Lino, Júlio e Paulo Leandro; Lucas Ribeiro, Elivelton e Vago. Técnico Beto Campos. Arbitragem de Paulo Renato Meirelles c/ Volmir Antônio Klein e Cristiano Ivan Eckert. Gols de Claudiomar, cobrando falta aos 5 e Fogolari aos 21 do 1º tempo e Airton de pênalti aos 44 do 2º tempo. Expulsão: Claudiomiro.

11/05/2005 - JUVENTUS 1 X 3 GREMIO BAGÉ Estádio da Pedra Moura. 15:30 horas Bagé: Dione; Caio Flávio, Rudi,, Kiko, Clebinho (Rudinei) Márcio (Renato) Rodrigo, Alexandre Veiga, Mano e Alex Adriano Baiano). Técnico: Edson Pontes - Ceará. Juventus: Michel: Alexandre (Júlio) Fogolari (Marquinho), Betão e Evandro; Lino, Luís Ernesto e Paulo Leandro; Lucas, Elivelton e Vago (Maikel). Técnico: Beto Campos. Arbitragem de Jean Pierre Gonçalves Lima c/Cláudio Luiz Gonçalves e Luís Paverade Fernandes. Gols de Alex aos 9’ e 38’ e Mano aos 36’ do 1º tempo. Betão aos 16’ e Adriano Baiano aos 41’ do 2º tempo.

15/05/2005 - JUVENTUS 0 X 1 GAÚCHO – Estádio Carlos Denardin. 15:30 horas. Juventus: Michel; Claudiomar, Fogolari e Evandro; Marquinhos, Lino, Luís Ernesto e Paulo Leandro; Lucas, Elivelton (Charles) e Vago (Maikel). Técnico: Beto Campos. Gaúcho: Tigre: Douglas (João Pedro), Eder, Carlão (Dinei) e Joel Cavalo; Jonas, Ornélio e Marcinho; João Pedro, Sandro Paulista (Segião) e Lela. Técnico: Celso Freitas. Arbitragem de Paulo Marcolino c/Newvani Corrêa e Gelson Scwingel Reserva: João Carlos dos Santos. Gol: Dinei aos 38’ do 2º tempo. Expulsões. Fogolari aos 25’ e João Paulo aos 34’ do 2º tempo.

22/05/2005 - GAÚCHO 5 x 2 JUVENTUS– Estádio Volmar Salton. 15:30 horas. Gaúcho: Tigre: Ivonaldo, Eder, Segião, Juliano (Tiago); Jonas, Ornélio, Douglas (Moretto); João Pedro, sandro Paulista e Lela (Dinei). Técnico Celso Freitas. Juventus: Michel: Alexandre, Claudiomar (Betão) Charles (Maikel) e Evandro; Lino, Luís Ernesto e Paulo Leandro; Lucas (Vago) Elivelton e Júlio (Marquinhos). Arbitragem de Paulo Renato Meirelles c/Edegar da Silva Frick e Carlos Augusto Truss. Gols de Sandro Paulista aos 7’ , 11’ , e Claudiomiro aos 26’ do 1º tempo. Elivelton aos 12’, Sandro Paulista aos 17’, João Pedro aos 19’ e 24’ do 2º tempo.

26/05/2005 – JUVENTUS 2 X 3 GRÊMIO BAGÉ – Estádio Carlos Denardin. 15:30 horas. Juventus: Michel: Alexandre, Claudiomiro, Fogolari e Evandro; Lino, Luís Ernesto (Vago) e Paulo Leandro; Lucas Ribeiro (Gasparetto), Elivelton (Vinícius) e Alexandre Fubá. Técnico Beto Campos. Bagé: Kiko; Caio Flávio, Leonardo, Cirilo e Rafael Peixoto; Zura, Kiko Leonardo (Renato) e Rodrigo; Alexandre Veiga Mano e Alex (Ricardo) Técnico: Ceará. Arbitragem de Marcos Sacon c/ Clóvis Pizzolotto e Cristiano dos Santos. Gols de Alex aos 30 seg, Alexandre aos 21’, Fogolari aos 38’, Rodrigo aos 40’ todos do 1º tempo. Mano de pênalti aos 47’ do 2º tempo.

29/05/2005 – JUVENTUS 2 X 2 SANTO ÂNGELO Estádio Carlos Denardin. 15:30 horas. Juventus: Michel: Alexandre, Fogolari (Marquinhos), Claudiomar e Evandro (Vago); Lino, Lucas (Júlio), Alexandre Fubá e Charles; Vinícius e Erivelton. Técnico: Beto Campos. Santo Ângelo: Charles; Valim (André Fin), Ivo, Kaiser e Bagé; André Sgheto, Maurício e Elton Correa (Alessandro); Luciano Vieira, Airton e André Ijuí. Técnico: Bebeto Rosa. Arbitragem de Márcio Chagas Coruja c/ Márcio Traslatti e João Lúcio de Souza Júnior. Gols de Alexandre Fubá aos 13’ e Maurício cobrando falta aos 44’ do 1º tempo. Vinícius aos 24’ e André Ijuí aos 28’ do 2º tempo. Charles foi expulso na 2ª etapa, por jogar a bola longe depois do apito do árbitro.

01/06/2005 – 14 de julho 0 x 4 Juventus - Estádio João Martins, Gols do Juventus Vinícius aos 21 e o mesmo Vinícius de pênalti aos 30’ 1º tempo . Gelson aos 34 e Vago aos 39 do 2º tempo

Série B: Jogo Juventus e Lajeadense é cancelado – 03/06

A FGF comunica que em comum acordo, o jogo entre Juventus e Lajeadense, que estava previsto para o sábado, dia 4 de junho, em Santa Rosa, foi cancelado. O motivo se deve a partida não ter mais influência na classificação para a Terceira Fase.

Assessoria de Imprensa – FGF

Nenhum comentário:

Postar um comentário