quinta-feira, 27 de junho de 2013

Por onde Anda?

CLÁUDIO BATATA



Sou Claudio José Cumiotto, nasci em  Santa Rosa - RS, filho de  Alcides Jaco Cumiotto e Clara Cumiotto. Conhecido no mundo do futebol por Claudio Batata (Batatinha)
Casei no Rio de Janeiro  em 12/07/1991, com Claudia Regina Silva Cumiotto. Não temos filhos.
Em Santa Rosa, estudei no Colégio Visconde de Cairu (quando o mesmo se situava na Av. Rio Branco), depois fui estudar no Colégio Dom Bosco, onde aos 15 anos, tive o inicio na vida esportiva e  os melhores momentos em destaque sendo eleito o melhor jogador das Olimpíadas Estudantis (USES) 1981, no Futebol de Salão e campeão na mesma competição na modalidade de Handebol. Lá, conclui o ensino médio.
Em 1980,  atuei no CEBEM, sendo comandado por Nestor Peroty, como meu primeiro treinador. Contava no plantel da época, com futuros jogadores de destaque no profissional como zagueiro Caçula, atacante Roberto Gaúcho, o meio campista Santa Rosa e goleiro que atuou no futsal, Becon. Mum jogo, em 12 de outubro 1981, contra o juvenil do S. C. Internacional de Porto Alegre no Estádio Carlos Denardin em Santa Rosa, onde tive destaque e no qual fui contratado de imediato, naquele mesmo dia, pelo treinador do Inter, Homero Cavalheiro.
Segui, então, carreira no juvenil do Inter em 1982,
Em 1983, fui transferido para o sub 20 Grêmio, no qual permaneci até 1986.
Joguei em 1986 e 1987 na Ásia em Bangcoc, capital da Tailândia.
Depois, atuei em clubes brasileiros, como: Bragantino-SP, Novo Hamburgo-RS, Brusque-SC e Marcilio Dias-SC. Encerrei a carreira aos 25 anos com fratura na tíbia e perônio e após cinco cirurgias no joelho esquerdo.
Carrego, como maior decepção não realizada no futebol profissional, ter sido aprovado nos testes do clube italiano Ímola, não ter conseguido o visto de trabalho,pois, na época, a burocracia para contratar estrangeiro era mais complexa.


Foto com o pai (in memoriam)  no estádio olímpico
Títulos conquistados:
- Campeão Gaúcho Juvenil de 1982, pelo Internacional
- Campeã Gaúcho Juvenil de 1983, pelo Grêmio
- Tri Campeão brasileiro sub 20 de seleções em 1984 (Em destaque dos gaúchos - Claudio Taffarel e dos Cariocas, na final, Romário)
- Campeão Gaúcho Sub 20, pelo Grêmio em 1985
- Vice campeão Tailandês em 1986/1987
Sou torcedor do Grêmio e atualmente sou micro empresário na cidade do Rio de Janeiro na atividade profissional no ramo de entregas
 Colaboração de João Jayme Araujo/POA

terça-feira, 25 de junho de 2013

Posse

Jantar marcou posse da Diretoria do Juventus

No dia 21 de junho, sexta-feira, ocorreu o jantar do o Juventus, onde tomou posse oficialmente a  nova  Diretoria do clube, capitaneada por  Adair Antonio Unfer. O ato ocorreu   nos salões da Vigor Arte Show, próximo do Estádio Carlos Denardin.

Foi um concorrido jantar, em que o Presidente Adair mostrou para a comunidade o novo projeto do Juventus. 


Quase 300 convidados se fizeram presentes, prestigiando a posse de Adair Unfer, que manifestou satisfação com a  boa presença.
“Queremos que a comunidade participe cada vez mais no dia a dia do clube. Estamos investindo nas categorias de base e  disputando diversos campeonatos, com bons resultados obtidos. Com isso prospectamos, para um futuro em breve, voltarmos ao futebol profissional, tendo como base do grupo, atletas prata da casa. Neste contexto, a participação dos pais dos garotos que frequentam a escolinha é muito importante. Tenho a convicção de que com a participação de todos,  o clube Juventus será forte na participação de campeonatos”.

COPA BUTIÁ

4º Edição é  Encerrada com Sucesso.

Juventus de Santa Rosa foi o destaque da competição. 
 
No último domingo dia 23 de Junho o Estádio do Aymoré foi palco de uma Grande festa do Futebol Regional, o encerramento da 4º Edição da Copa Butiá (Regional Mirim e Infantil de Futebol de Campo), competição que movimentou a comunidade Giruaense e Regional nos meses de Abril, Maio e Junho, promovendo uma verdadeira migração de atletas aos gramados do Aymoré e Cruzeiro. Com o Objetivo Fundamental de Promover o Desenvolvimento do Futebol a competição teve como foco a Integração entre os Clubes participantes que após cada jogo promoviam uma verdadeira festa na hora do Lanche, outro diferencial da Copa Butiá, momento em que os pequenos atletas esqueciam as rivalidades de dentro do campo e dividiam o mesmo espaço como se pertencessem todos a mesma Equipe.
Na primeira decisão da Tarde Categoria Mirim Clássico Regional SER/Acesa Santo Ângelo X Juventus de Santa Rosa, com o placar de 6 X 0 a equipe do Juventus praticamente não tomou conhecimento da Equipe adversária. Fez uma campanha invejável na competição, levantou a taça sem perder nenhum jogo, demonstrando muita superioridade Técnica entre os demais clubes participantes.
Na segunda decisão da Tarde Categoria Infantil Grêmio Desportivo Panambi X Juventus de Santa Rosa, em um jogo pegado novamente prevaleceu à superioridade do Juventus que ao investir nas Categorias de Base vem realizando um grande trabalho focado na qualificação Técnica de seus atletas e Venceu Panambi por 3 x 1 e repetindo o resultado da Categoria Mirim a Equipe sagrou-se Campeã de forma Invicta na Competição.
O Governo Municipal de Giruá através da Coordenadoria Municipal de Turismo Desporto e Lazer deixa um Agradecimento Especial a Diretoria do E.C. Aymoré e E.C. Cruzeiro pela parceria e Cedência dos Campos, aos Dirigentes, Atletas e Torcedores dos clubes participantes que se deslocaram a Giruá e fizeram da 4º Edição da Copa Butiá mais uma vez sucesso absoluto, consolidando-se como uma das melhores competições Realizadas no Estado do Rio Grande do Sul direcionadas as Categorias de Base do Futebol de Campo, a  1º Dama Carolina Konzen Thomas e sua equipe de Trabalho da Casa da Família pela confecção dos 1.320 Lanches distribuídos gratuitamente aos atletas no decorrer da Competição, a imprensa Local e Regional por dar um brilhantismo especial a esta competição que cada vez mais desperta interesses em todos os cantos de nosso Rio Grande.

Categoria MIRIM
 
1º Lugar JUVENTUS (Santa Rosa)
2º Lugar SER/ACESA (Santo Ângelo)
3º Lugar Grêmio Desportivo Panambi (Panambi)
Goleador: Augusto Stefan 11 Gols (Juventus - Santa Rosa)
Goleiro Menos Vazado: Mateus W. dos Santos 02 Gols (Juventus - Santa Rosa) 
Jogador Chuteira de Ouro:  Vinicius Sefovitz (Juventus de Santa Rosa)
Categoria INFANTIL
 
1º Lugar JUVENTUS (Santa Rosa)
2º Lugar Grêmio Desportivo Panambi (Panambi)
3º Lugar Aymoré (Giruá)
Goleador: Reneé Ângel Deleão 04 Gols (Aymoré - Giruá)
 
Mais clicando em 

segunda-feira, 24 de junho de 2013

Copa Butiá

 CAMPEÃO CATEGORIA INFANTIL COPA BUTIÁ 2013

A campanha

Fase de grupos:
Juventus 6x1 Salgado filho
Juventus 5x0 São José
Juventus 3x2 Panambi

Semi final:
Juventus 3x1 Ser Santo Ângelo

Final:
Juventus 3x1 Panambi 

Gols pró: 20
Gols contra: 4 

Saldo: 16 

Comissão Técnica:
Técnico: Maikel Oliveira
Auxiliar e treinador de goleiros : Acauan Zoia.


Parabéns a esse grupo, a essa família de guerreiros, que enfrentou todas as equipes com com força e humildade mas sempre de cabeça erguida, e conseguiu sair com o título. Parabéns JUVENTUS: SOMOS CAMPEÕES e agora é focar no Gauchão !
Obrigado pela fonte galera do Facebook 


CAMPEÃO CATEGORIA MIRIM COPA BUTIÁ 2013 

A campanha


Fase de grupos: 
Juventus 2 X 0 Salgado Filho 
Juventus 13 X 0 São José 
Juventus 6 X 1 Panambi
   
Semifinal: 
Juventus 2 X1 São Luiz de Ijuí
  
Final: 
Juventus 6 X 0 S.E.R Santo Ângelo
  
Gols pró: 29 
Gols Sofridos: 2
Saldo: 27
Artilheiro: Augusto Stefan:10 Gols 
Técnico: Maikel de Oliveira 
Auxiliar e treinador de goleiros: Acauan Zoia
 
Não foi fácil, mas chegamos ao topo. Mostramos a todos nosso potencial e temos certeza que cada um deu de seu melhor para o grupo, através da garra e da determinação. Por isso, SOMOS CAMPEÕES.

 Em pé: Acauan Zoia, Augusto,  De Paula, Leonardo, Cristian, Jan, Massaia, Welinton e Maikel. Agachados: Vinicius, Mendonça, Maicon, Lua, Aládio, Leandro, Horn e Mateus.

domingo, 23 de junho de 2013

COPA BUTIÁ

CAMPEÃO EM DOSE DUPLA



A Copa Butiá 2013 teve a sua grande final disputada hoje à tarde no Estádio do Aymoré em Giruá.
A primeira decisão da tarde, Categoria Mirim, onde aconteceu o clássico Regional entre Juventus e SER/Acesa Santo Ângelo. A equipe missioneira conquistou a vaga ao vencer nas penalidades, a semifinal contra o GDP de Panambi. O tricolor santa-rosense, invicto na competição, conquistou a vaga para a final ao vencer no último domingo por 2 x 1 a  tradicional equipe do São Luiz de Ijuí.
Com início ás 14h00min, na primeira final, a garotada da Categoria Mirim de Santa Rosa, não tomou conhecimento do adversário  e construiu um placar de 6 a 0, contra o Santo Ângelo, sagrando-se campeão invicto da Copa Butiá 2013.

 Juventus Campeão Categoria Mirim

Na segunda final com inicio as 15h00min, pela Categoria Infantil, se defrontaram Juventus e GDP Panambi. A equipe da Cidade das Máquinas conquistou a vaga para a final ao vencer nas penalidades máximas a equipe do Aymoré. Já, o Juventus conquistou a vaga com direito a disputar a final ao vencer pelo placar de  3 x 1, a equipe da SER/Acesa de Santo Ângelo, na tarde do último domingo.
As duas equipes finalistas se defrontaram hoje,  e o Juventus levou a melhor, obtendo uma grande vitória sobre o Grêmio Desportivo Panambi, pelo placar de 3 tentos a 1, sagrando-se campeão da categoria.

Juventus Campeão Categoria Infantil

Portanto, dois títulos foram conquistados pela boa garotada do Juventus, com vários atletas que foram destaques da competição. Estão todos de parabéns pelo belo trabalho nas categorias de base, futuros atletas que deverão vestir o uniforme dos profissionais do Juventus, na nova proposta da Direção.
Mais sobre as finais da Copa But2013 clique AQUI

quinta-feira, 20 de junho de 2013

Por onde anda ?


JUAREZ ASSIS DOS SANTOS



Nascido na cidade de  Ijuí, em 15/12/1932. Filho de Quintiliano Baptista dos Santos e Celanira Assis dos Santos.

Casado em Santa Rosa/RS 1960 com Ignês Maria Vaccari dos Santos (falecida), quatro filhos homens e seis netos. Minha formação é o Curso Técnico em Contabilidade Santa Rosa de Lima

Minha infância foi em Ijui/RS "Sui Generis" até meados de 1945, pois meus amigos só falavam em alemão, isto pela total descendência alemã, assim me obrigava a falar, cantar em "Deutch". Aliás, foi muito útil para mim.

Joguei em Santa Rosa/RS pelo Paladino (quando assinei o primeiro contrato ganhei um par de sapatos do presidente, o saudoso Avelino Lavarda), também Aliança do Sr. Francisco Berta e bancários. Além disso, joguei futsal no Montese F.C. Fui arbitro de futebol também. Sou torcedor do Grêmio FBPA

Militar passei para a Reserva do Exército no posto de Capitão, após trinta e cinco anos de serviços prestados. Ademais, auxiliar de Adido Militar em Buenos Aires / Argentina.
 
Hoje fico com minha família, minha atual esposa, noras, filhos e netos. Para mim, "A FAMÍLIA É O VERDADEIRO AMOR NA VIDA DE QUALQUER SER HUMANO!"


                                                                            Colaboração de João Jayme Araujo

segunda-feira, 17 de junho de 2013

Copa Butiá

Juventus é finalista nas duas categorias que disputa

Com a vitória sobre a SER Santo Angelo pelo placar de três tentos a um, gols de Lourenço, Cleisson e Wagner,  a garotada da categoria infantil do Juventus, segue firme na Copa Butiá. Com a vitória se candidatou ao título do torneio.


 Equipe da categoria infantil do tricolor que venceu e está na final

Na categoria mirim, a garotada  também obteve um grande vitória de 2 a 1, gols de Vinicios, diante do E.C. São Luiz de Ijui e também está na final.
Segundo o Coordenador das categorias de Base, Marcos Knorst, as finais serão disputadas no próximo domingo no Estádio do Aymoré, em Giruá, sede da Copa Butiá.
Ainda ressalta: "este é o resultado de um trabalho sério que o Juventus vem realizando com a base, para no futuro termos um grupo de atletas prata da casa, como base de uma equipe profissional e que represente muito bem a cidade, com muita garra e determinação."
.

quinta-feira, 13 de junho de 2013

Copa Butiá


2º Rodada da FASE SEMIFINAL

Domingo, 16 de Junho no Estádio do Aymoré em Giruá

14:30h  JUVENTUS   x  SÃO LUIZ  – Ijui  (Mirim)

15:30h  JUVENTUS   x  SER/ACESA  – Santo Ângelo  (Infantil).

quarta-feira, 12 de junho de 2013

Por Onde Anda?

WALTER WIENANDTS


Na foto, eu e minha esposa Vera Maria.
Nasci em Camaquã/RS., a quatro de agosto de 1939. Sou filho de Elymar e Maria Wienandts. Em 1950, passei a residir em Três de Maio/RS., e posteriormente, em Santa Rosa/RS. Casei-me com Vera Maria Cardoso e desse casamento, nasceram os filhos Ricardo, Eduardo e Alexandre (falecido) e as filhas Patrícia e Julia (falecida). Temos duas netas, três netos e duas bisnetas. Atualmente residente em Osório (RS), também conhecida como A Terra dos Bons Ventos.

Passei parte da minha infância,  em Três de Maio e depois em Santa Rosa. O que mais lembro e com saudades são as brincadeiras e jogos  (bodoque, bolitas, carrinhos de madeiras , e das “artes”,  tais como arapucas, para pegar passarinhos, explodir latas com carbureto e as munições para os bodoques, que eram de esferas de rolamentos... e outras tantas.

Minha vida esportiva teve inicio  aos 16 anos, quando passei a defender a categoria de aspirantes com as  cores do Paladino F.C., no saudoso campo do Pessegueiro. Já em l958, passei a jogar no Esporte Clube Aliança (vide página nº 81, da obra de João Jayme Araújo - Baú de Relíquias), onde o time conquistou o título de campeão citadino e em l959 e foi Campeão Estadual, Série Amarela. Atuava como ponta esquerda e meu forte eram as jogadas da linha de fundo, onde fazia cruzamentos aéreos para as cabeçadas certeiras e mortais do Pinicilina, ou então bolas cruzadas e rasteiras na entrada da área, onde aparecia o Alceu Mallmann, que tinha um chute fortíssimo e quase que indefensável. Em 1960, mudamos para Tucunduva, onde, jogando pelo Gaúcho Futebol Clube, mais uma vez ajudei a conquistar títulos como Tri-Campeão Regional e em 1965, mais um título, o de Campeão Estadual de Amadores, encerrando assim minha carreira como  jogador de futebol de campo. Joguei ainda Futebol de Salão, quando voltamos à Santa Rosa, em campeonatos promovidos pelo SESC, pelas firmas Ferragens Missioneira Ltda. de Santa Rosa e Comércio e Representações Fricke Ltda., de Ijuí, quando morávamos. Sinto muitas saudades daqueles tempos, pois, além das grandes vitórias, tive oportunidade de conhecer outras cidades e o que é mais importante, fazer grandes amizades, mesmo com jogadores adversários, pois, sempre tratei a todos, com respeito e educação. Atualmente, estou aposentado como comerciário, curto a família, principalmente as bisnetas, que também residem aqui em Osório. Adoro torcer pelo Inter e “secar” os azuis... numa boa! Como hobby, faço artesanato (vide Artesanato de Madeira Walter  Wienandts, no Yotube). (Saiba mais...).

Walter fez parte do grupo do EC Aliança, Grande Campeão Estadual da Série Amarela, em 1959. Walter é o último, agachado,  à esquerda.

Equipe do E. C. Aliança que disputou o campeonato em 1962- Em pe´: Raul Meneguini, Lauro Frainer, Pedro Dias (Mulita) João Manoel Lopes (Jambalaia), Valdir Lima, João Carlos Duarte, Valter Pereira Oliveira (Taquariano), e Edmundo  Gund. Agachados: Luiz Fortes Rodrigues (Gordo), Eloi Pereira (Taquariano), Fredolino Schulz (Penicilina), Neri Cappellari e Valter Wienandts.

Posse

Jantar marcará posse da Diretoria do Juventus e lançamento da Campanha de Sócios

No dia 21 de junho, sexta-feira, a partir das 20h30 o Juventus dá início a sua nova fase de eventos. A partir de agora, contando com o apoio da Vigor Arte Show, o clube sediará seus jantares e atividades nos salões de festas da empresa.

“Santa Rosa é uma cidade de prosumidores. Pessoas estas que obtém grande sucesso em atividades amadoras. Vemos isso na entrega das pessoas e o sucesso dos eventos e feiras que ocorreram ao longo da história da cidade, como a Fenasoja, o Hortigranjeiros, o Musicanto e agora a Indumovéis.  Esperamos que o clube possa  aproveitar e obter êxito também em seus jantares e festas organizadas por seus membros. Estarão sendo cobrados apenas as taxas de manutenção para que estes eventos possam ocorrer: água, luz, gás, limpeza, ECADE, e outras despesas provenientes da utilização do espaço”,  referiu-se Marlene Belmonte Haigert, sócia-administradora da Vigor Arte Show Promoções e Eventos. 
 


O jantar servirá para se ter conhecimento dos planos e projetos da nova diretoria que tomará posse, bem como o lançamento da Campanha de Sócios.

É possível adquirir os cartões para o jantar com os membros da diretoria e também na secretaria do clube de segunda a sexta-feira, nos períodos de manhã e tarde. O valor é de R$ 15,00 para adultos e R$ 10,00 para alunos das escolinhas e menores de 15 anos. No cardápio, massa, galeto, saladas diversas e arroz.

“Queremos que os pais e a comunidade participem cada vez mais do dia a dia e das tomadas de decisões da gestão e do clube. Somente com a participação de todos é que o clube Juventus será forte para participações profissionais a partir de 2016” ressalta Marcos Knorst, coordenador das Escolinhas.

Novos sócios



Juventus reabre quadro social

Atualmente o Juventus Atlético Clube encontra em seus balancetes de gestão, um déficit mensal referente a empréstimos feitos em  gestões anteriores e que perdurará ao longo de alguns anos. Uma das soluções encontrada pela diretoria e a gestão do clube para equacionar este dividendo é a reativação do Quadro Social. Atualmente o clube não possui nenhum sócio. Os primeiros novos sócios serão os membros da diretoria, que agora pelo estatuto são obrigados a pertencerem ao quadro associativo.
“As escolinhas quase que se pagam, na questão de encargos conseguimos cobrir os seus custos, o problema é a variável de inscrições, viagens, arbitragens, refeições de atletas. Existem também as despesas da secretaria, como papel, cartuchos, internet e outros como investimentos. Esta semana por  exemplo compramos tubos para confeccionar oito novas balizas”, argumenta o presidente Adair Unfer.

Sabendo da dificuldade de atrair  sócios e patrocinadores sem a disputa de competições profissionais foi desenvolvido além da cota diretiva, outras duas categorias de sócios.

Pessoas Jurídicas que queiram associar-se, e estarem ajudando ao clube, pagarão  o valor de R$ 50,00 por mês. Receberão como benefício um  espaço de divulgação publicitária para banner nos muros externos do estádio municipal de 2,60m de comprimento por 1,80m de altura. Além deste valor, será necessário o pagamento de uma joia de R$ 100,00 para o custo de mão de obra e de matéria prima da pintura. Estes serão na Av. América ou na Av. Júlio Feuhlauer, a escolha caberá a cada associado. Além deste, virá uma carteira de sócio e a disponibilidade de divulgar banners  nos eventos do clube. Estes  acontecem mensalmente, ou num hiato de cada dois meses.

O plano de Pessoas Físicas é direcionado de certa forma aos pais.  Já que o benefício ao associado é o acesso as cadeiras cobertas do estádio ao proprietário e um acompanhante  nos dias de jogos das Categorias de Base, bem como sua carteira. Nas três categorias o associado terá direito a voto nas eleições do clube, caso esteja adimplente com suas mensalidades.

“Sem dúvida com esta nova lei municipal de apoio as viagens e custeio de refeições será possível aliviar um pouco as contas do clube. O problema é que continuamos com a corda no pescoço devido aos compromissos firmados pelo clube ao longo dos anos”, ressalta o 1º presidente financeiro Cristiano Costa.

Os sócios devem escolher o seu tempo de contrato com o clube, se será até o final de 2013, ou até o final de 2014. Membros da diretoria e funcionários irão procurar o empresariado e os pais nos próximos dias para apresentar a campanha e frisar a necessidade da participação da sociedade.








Mais informações e contato pode ser feito na secretaria do clube, no Estádio Carlos Denardin, através dos telefones  (55) 9964-2287  e (55) 9963-4134.

noroestenoticias.com.br

domingo, 9 de junho de 2013

Categorias de base

Uma vitória e um empate, foram os resultados obtidos pelo Juventus, hoje a tarde no Carlos Denardin.




Jogando pelo Campeonato Gaúcho SULIGAFI, as categorias de base do Juventus participaram da rodada, disputando dois jogos no Carlos Denardin. O primeiro jogo teve inicio as 14 horas.

Informações repassadas pelo Presidente Adair, os resultados foram: pela categoria   Sub 13, os meninos fizeram bonito com uma vitória de 2 tentos a zero sobre a Associação Atlética Macléres  de Julio de Castilhos, com gols do Cristian Viana e do Idelmar Junior Pinto.. Já a categoria Sub 15,  não passou de um empate em um tento marcado por Vini Sefovitz.com o representante castilhense.

Os próximos jogos ocorrem no dia 23 de junho, em Erechim, diante do Ypiranga, nas categorias 1998 e 2000. Já as categorias 1999 e 2001 enfrentam o Prata da Casa, em Arroio do Meio, dia 29 de junho. 

Veja os gols da partida:

 

segunda-feira, 3 de junho de 2013

Memórias...


MUSEU DO ESPORTE
 
Há poucos dias estive visitando o desportista Luiz Fernando Rabuske, atual Secretário de Esportes do município. Trocamos  ideias sobre o futebol da cidade. A necessidade de novas praças de esportes nas vilas e bairros, campos de futebol e ginásios cobertos. Ideias muitas, mas esbarram nos recursos, limitados. Mas, há boa vontade e trabalho e isto é que importa.
Bem, durante o bate-papo, aventamos a possibilidade de criar na cidade uma espécie do museu do esporte. Ressentimos da ausência  de locais físicos apropriados para tal. Comentou-se numa alternativa mais viável: um museu virtual, o que dispensaria um local físico. Material histórico há em abundância. É só recorrer na sua busca e catalogá-los.
Existe enorme interesse do Secretário para que isto se concretize. Atenção, Milton Schwerz(Giruá), João Jayme(Porto Alegre), Geraldo da Rosa(João Pessoa, capital da  Paraíba), todos distantes daqui mas que aqui  fizeram história no futebol da cidade devem estar torcendo com a ideia.  Foto: www.jornalnoroeste.com.br 


Câmara de Vereadores I

A vereadora Lires Zimmernann (PP), indicou ao Executivo Municipal, em sessão ordinária da Câmara de Vereadores, através do órgão competente, que seja criado um Museu do Esporte em Santa Rosa.
Em sua justificativa, disse que “Santa Rosa possui diversos atletas multicampeões, nascidos na cidade e também nas proximidades, tais como Taffarel,  Argel,  Roberto Gaúcho,  Paulo Turra, Darci, Urnau, entre outros. O Museu poderia ser construído no Estádio Carlos Denardin e  que além de expor reportagens, artigos  e objetos ligados aos atletas conhecidos a nível nacional e também mundial, o museu poderia abrigar material referente aos atletas e ao esporte que marcou época em Santa Rosa e região, incluindo os jogos da USES”.
Além dos atletas que fizeram história, há também muitos clubes que representaram e ainda representam a cidade em competições diversas, cuja memória deve ser preservada.

Câmara de Vereadores II

A Câmara de Vereadores  aprovou por unanimidade lei que disciplina a relação das entidades esportivas contempladas com auxílio para o transporte. A Prefeitura repassa o recurso para a entidade, que trata diretamente o transporte com a empresa. A lei exige que a associação, para se habilitar ao recurso, deve estar legalmente constituída e em dia com o órgão publico. Neste exercício de 2013, deverá ser investido cerca de R$ 90 mil e no próximo ano R$ 200 mil estará projetado para o auxílio de transporte para as entidades desportivas do município.

Juventus e o Salonismo

Fui presenteado pelo Secretário de Esportes, um DVD com gravação de imagens do clássico Juventus AC e SER Concórdia, que no ano de 1986, disputavam o clássico JUCON.  As imagens foram cedidas pelo desportista Joça Cappellari. Alias a família Cappellari se confunde com a história do salonismo juventino, assim como as famílias Moroni e Lorenz.
Como sabemos o Juventus iniciou suas atividades no futebol de Salão, assim que essa pratica esportiva era denominado na época, com regras próprias, muito diferentes das regras do futsal atual. Por exemplo: o goleiro não podia sair de sua área; gol feito de dentro da área não era validado; os arremessos laterais e os escanteios eram alçados para a quadra com as mãos; a bola podia ser recuada para o arqueiro; a regra proibia também o goleiro de ameaçar por mais de uma vez o lançamento da bola para o jogo; se o goleiro, de posse da bola lançasse a mesma para além da risca divisória da quadra, a bola era revertida para o goleiro adversário. Enfim, eram algumas das regras.(Saiba mais...)
O Juventus iniciou suas atividades suas atividades salonistas em 1979, com um grupo prata da casa, com Renato Scalco, Franja, Luizinho no gol, mais os irmãos Babá e Heinz, Chico Faco, Chico Tim, Alfredo Moroni, Bide Moroni entre outros, treinados por  Edgar Massotti. O clube era presidido por Volmir Joner da Silveira até 1984. Em 1985, assumiu Ervino Krieser e em 1986, Valdir S. da Silva, quando cessou as atividades no salonismo. Nesse período o Juventus construiu através de suas campanhas vitoriosas, uma bela  história no salonismo gaúcho.

SER Concórdia

Após anos de atividade no clube, atletas como Renato e Adônis deixaram o Juventus e foram atuar por  uma equipe de Horizontina. Em 1986, o clube Concórdia abre suas portas para este esporte coletivo e leva praticamente todo o plantel principal do Juventus. Lá foram: Renato, Babá, Chico Faço, Chico Tim, Adônis, Toninho, que se reforçou ainda com atletas de fora como Leivinha, Velasques, Carlos entre outros, formando um grande e qualificado grupo. Levou também o técnico Argemiro Kreibich. Para o Juventus sobrou um grupo de jogadores embora qualificados, mas com pouca experiência: Beccon, Rafael Moroni e Polla no gol, mais Beto Cappellari, Gian Mazzoco, Joãozinho Moroni, Rufino, Alemãozinho, Tido e Dido, que se somara aos remanescentes e experientes, Alfredo Moroni e Bide Moroni. Para comandar a gurizada Joaquim Massotti que mais tarde foi substituído por Luiz Cappellari. O compromisso era jogar um futebol bonito, respeitando mas não temendo os adversários. E foi o que aconteceu.

Clássico JUCON

Com a entrada dos dois clubes nos campeonatos oficiais do estado, os encontros foram inevitáveis. Surgiu o JUCON (Juventus x Concórdia).
Assistindo ao DVD com  imagens cedidas pelo desportista Joça Cappellari, aliás, a família Cappellari se confunde com a história do salonismo juventino, assim como as famílias Moroni e Lorenz, veio a memória os anos 1980, principalmente o ano 1986. Assisti atentamente, com ar de saudosismo, o primeiro clássico JUCON.
E, o Juventus fez bonito. Nos  quatro disputados os juventinos venceram duas ( 3 a 1 na estreia e 2 a1), empatou um(1 x 1) e foram derrotados apenas uma vez (0 a 5). O primeiro foi disputado pela Copa Governador do Estado. Carlos abriu a contagem para o adversário, mas Gian e Joãozinho viraram na primeira e tapa e Beto ampliou na segunda fase. O Juventus ganhou com: Beccon; Beto Cappellari, Gian, Alfredo Moroni e Joãozinho Moroni. O Concórdia perdeu seu segundo clássico com: Renato; Toninho, Carlos, Chico Tim e Adônis. No segundo clássico, na vitória de 2 a 1, de virada, conquistou o titulo do turno.
Embora tenha feito uma boa campanha na fase inicial, o Juventus não conseguiu dar sequencia  a boa fase e então foi eliminado da competição. O Concórdia deu sequencia ao campeonato.

Resumo da campanha de 1986

No ano, o Juventus disputou 24 jogos, sendo que obteve  16 vitórias, 3 empates e 5 derrotas. Marcou 70 vezes e sofreu 42 gols. Os goleadores: Alfredo Moroni  com 27, Beto Cappelari com  12, Gian com 10, Tito com 8, Bidê com 6 e dois por WO e mais 5 contra,  portanto chegando as redes adversária por 70 vezes. Mesmo assim, não foi suficiente para dar continuidade na competição

Luto

O mês de julho de do ano de 1986 foi muito triste para os juventinos. Faleceu tragicamente o atleta João Batista Moroni. Quando retornava à capital para dar sequencia aos treinamentos junto à seleção de juniores, o qual integrava foi vitimado por um acidente. O mesmo, acompanhado de sua namorada, deixou a rodoviária da capital num taxi e na esquina das ruas Garibaldi e Osvaldo Aranha, o veiculo chocou-se contra um ônibus. O choque foi violento que ambos  faleceram no local do acidente. Joãozinho, como era conhecido no meio desportivo, era um atleta jovem e promissor. Em Santa Rosa, atuava no Juventus e no futebol de campo com o Palmeira do Bairro Gloria e Ipiranga do Bairro Sulina, tendo em 1982, iniciado sua carreira como atleta do CEBEM, onde foi campeão estadual.
Joãozinho deixou uma leva muito grande de amigos. Sua morte deixou a cidade em estado de choque. Em sua homenagem, o ginásio de esportes, em frente a praça Independência, por Lei Municipal, recebe seu nome: Ginásio Municipal João Batista Moroni. Neste local eram disputados a maioria dos jogos do Juventus.