terça-feira, 28 de maio de 2019

Futebol Amador

NACIONAL FUTEBOL CLUBE
Vila Santos



O Nacional da Vila Santos, Santa Rosa/RS., foi fundado em 1982, sendo seu primeiro presidente o desportista João Carlos Schmidt, conhecido como Chacrinha. Suas cores: amarelo e preto. Coincidências a parte, as mesma cores do EC Real Madri da Vila Oliveira, mas que teve origem na Vila Santos. E,  no campo do Real Madri, na Vila Oliveira, é que o Nacional, também mandava seus jogos.

NACIONAL 1985  
Em pé da esquerda para a direita: Nelson, Gilmar, Gilson dos Santos, Odilo Hofferber, Darcizinho, Maneco, Elir Matiazzi, Inireu Hofferber(Neo) e Chico Bosembeck(dirigente). Agachados: Paulo Timm, Ati Hofferber,  Jairo, Jorge(Pitiço), Cunha, Adir Machado, (?).


Enquanto em atividade, o Nacional,  em duas oportunidades, chegou às Semifinais do Campeonato Municipal de Santa Rosa.
A primeira em 1986, disputou frente ao Ipiranga da Vila Sulina, onde foi derrotado pelo placar de 3 x 0. Na disputa pela terceira colocação, venceu o Guarani do Lajeado Pessegueiro, por 1 a 0.


Em 1987, disputou a semifinal em jogo único, com o Grêmio Santa-rosense. Perdeu pelo placar de 1 x 0. 
Na disputa pela terceira colocação, perdeu para o Guarani do Lajeado Pessegueiro pelo placar de 1 x 0, ficando com a quarta colocação.


O Nacional F.C. encerrou suas atividades em 1989, não retornando mais até o momento. 


Fonte e Fotos Odilo Hofferber.

quarta-feira, 1 de maio de 2019

Futebol Amador

ASSOCIAÇÃO ATLÉTICA 
TIRADENTES
Núcleo Residencial Tiradentes
Bairro Planalto


Em uma área, com ainda algumas atividades rurais, foi o espaço encontrado em 1980, para o início do projeto de construção do Núcleo Habitacional Cohab da Vila Planalto. Em 1982, oficialmente é denominado, por sugestão dos moradores de Núcleo Habitacional Tiradentes em homenagem ao herói mineiro. Em 1980 é criada a Escola Estadual Tiradentes, mas somente em 1985 recebe a sua autorização para funcionamento.

Em 5 de maio de 1988, é fundada a Associação de Moradores do Núcleo Habitacional Tiradentes, que construiu com o tempo sua sede própria para reuniões e confraternizações entre pessoas e famílias da comunidade.

Nesse contexto comunitário, nos anos 1980, também surge um grupo de pessoas para organizar um time de futebol com a proposta de levar entretenimento para os moradores nos finais de semana. Surge, então, a Associação Atlética Tiradentes. O clube alvi-verde  que fez bonito em jogos amistosos pela região e disputou por algumas edições, no período que esteve em atividade, o Campeonato Municipal de Futebol de Santa Rosa.








Fonte: Perfil da Associação e fotos Facebook

Futebol Amador

NOROESTE
Rincão dos Rolim


Campeão Municipal Categoria Principal 1983
Bicampeão Municipal Categoria  Aspirantes 1991/1992



A sede o Noroeste, onde faz seus jogos, fica a 1.000 metros da RST 344, na comunidade do Rincão dos Rolim. 
Sua maior  conquista foi o campeonato municipal de 1983,   aconteceu em dois jogos finais, contra o Grêmio Santa-rosense. No primeiro, vitória do Noroeste, por  um tento a zero, gol anotado pelo centro avante Gérson Gabbatz. 
No segundo confronto, o Noroeste saiu atrás no marcador, com gol anotado por Valdo em favor do tricolor de Dorvalino de Oliveira. A alegria durou pouco para o Grêmio, pois cinco minutos após ter sofrido o gol, Paulistinha empata cobrando penalidade máxima. O Noroeste jogava com o placar em seu favor, mas nos minutos finais, Caio, ponteiro direito, alça a bola para a área e Sávio marca para o Grêmio: placar final 2 x 1.
Com o resultado, uma vitória para cada lado, o jogo foi para a prorrogação. O placar permaneceu o mesmo. Veio a cobrança das penalidades para ver quem seria o campeão. O vencedor com méritos foi o Noroeste com quatro penalidades convertidas contra três do Grêmio. 
Os campeões, comandados de Adelino Dani: Paulo Geremi, Jonha, Jandir, Boca, Nelsinho (Sariba), Paulistinha, Nego Dani, Hélio Lunardi(Dico), Gerson e Luizinho. O Grêmio: Wilson, Luiz, Caçula, Tonho, Beto, Paulinho, Zula, Marcos, Caio, Valdir e Sávio. A arbitragem esteve a cargo de Juarez Véscia.
Em 1983, as seguintes agremiações participaram do campeonato: Academia, Cruzeiro do Sul, Expresso Toda Hora, Cruzeiro, Ipiranga, Olaria, Flor da Serra, Noroeste, 1º de Maio, Bradesco, América, G.E.Mayer, Cebem, Cosmos, Palmeiras, Colégio Dr. João Dahne, Real Madri, Grêmio Santarosense, A. A. Real e Central. 
Além do titulo de 1983, o noroeste se sagrou bicampeão na Categoria de Aspirantes em 1991 e 1992.

quinta-feira, 18 de abril de 2019

Juventus no futsal

Campeonato Gaúcho de Futebol de Salão 1983
Categoria Masculino Profissional, organizado pela então Federação Gaúcha de Futebol de Salão (FGFS) 



Participantes:
Associação Atlética Atlântida - Passo Fundo
Associação Atlética Autoval - Vacaria
Associação Caixa Econômica Estadual de Esportes - Porto Alegre
Associação Guarani Sananduvense (AGS) - Sananduva
Associação Móveis Rodial - Lagoa Vermelha
Cacique - Ijuí
Clube Social Cultural Gaúcho - Serafina Correa
Grêmio Atlético Literário Esportivo Recreativo e  Assistencial (GALERA) - Nova Prata
Grêmio Foot-ball Porto-alegrense - Porto Alegre
Juventus Atlético Clube - Santa Rosa
Liga Pelotense de Futebol de Salão - Pelotas
Mandarins - Montenegro
Sororoca - Carazinho
Sociedade Esportiva Olympia - Santo Ângelo
Sociedade Gondoleiros - Porto Alegre

PRIMEIRA FASE
Grupo: Atlântida, Galera, Gaúcho-SC, Sororoca
16.04.1983 - Atlântida 1 x 3 Gaúcho-SC
23.04.1983 - Galera 3 x 3 Atlântida
30.04.1983 - Atlântida x Sororoca
09.07.1983 - Atlântida x Gaúcho-SC

QUINTA FASE
Participantes Conhecidos:
Autoval, Liga Pelotense, Juventus-SR, Cacique, Gondoleiros, Caixa Estadual, Grêmio, Rodial, Olympia e AGS.

FASE (CONSIDERADA ETAPA FINAL)

Chave de Ijuí
Juventus,
Cacique de Ijuí, Gondoleiros e Caixa Estadual.

Chave de Santo Ângelo,
Grêmio, Rodial, Olympia e AGS

07.12.1983 - Caixa 0 x 2 Juventus
07.12.1983 - Grêmio 3 x 0 AGS
07.12.1983 - Gondoleiro 1 x 1 Cacique
07.12.1983 - Olympia 1 x 0 Rodial
08.12.1983 - Juventus 1 x 1 Cacique
08.12.1983 - Grêmio 1 x 0 Rodial
08.12.1983 - Caixa Estadual 1 x 0 Gondoleiros
08.12.1983 - Olympia 4 x 0 AGS
09.12.1983 - Juventus 2 x 1 Gondoleiros
09.12.1983 - AGS 0 x 5 Rodial
09.12.1983 - Caixa Estadual 2 x 0 Cacique
09.12.1983 - Grêmio 1 x 1 Olympia

Classificação:

1º Juventus 5p; 2º Caixa Estadual 4 p; 3º Cacique 2 p; 4º Gondoleiros 1 p.
1º Grêmio 6p; 2º Olympia 4 p; 3º Rodial 3p; 4º AGS 0 p.

SEMIFINAL

10.12.1983 - Juventus 1 x 1 Olympia (0 x 1 na morte súbita)
10.12.1983 - Grêmio 1 x 2 Caixa Estadual

Decisão do Terceiro Lugar
Grêmio 1 x 3 Juventus

FINALÍSSIMA
Caixa Estadual x Olympia

Campeão: Associação Caixa Econômica Estadual de Esportes - Porto Alegre
Vice-campeão: Sociedade Esportiva Olympia - Santo Ângelo
Fonte: https://timesdors.blogspot.com


Mais sobre o Juventus AC no Futebol de Salão clicando no link abaixo:

Juventus AC no futebol de salão de 1979 a 1986.
A história do futebol de salão no Juventus

terça-feira, 12 de março de 2019

HOMENAGEM 68 ANOS

PARABÉNS JUVENTUS

68 ANOS DE HISTÓRIA

FELIZ ANIVERSÁRIO

  

12 DE MARÇO DE 1951

segunda-feira, 14 de janeiro de 2019

Memória

DÍNAMO É DESTAQUE
A façanha do clube alvinegro ocorreu em 1991.

O Jornal Zero Hora de Sábado e Domingo dos dias 12 e 13 de janeiro de 2019, publica um encarte especial com material sobre os 100 anos do Gauchão(assim é conhecido o Campeonato Gaúcho de Futebol). Destaque para 100 fatos ocorridos e que marcaram época no futebol gaúcho. Entre eles menciona a façanha do Dínamo de Santa Rosa, no ano de 1991, quando chegou a liderar o campeonato naquele ano. Veja , abaixo, o destaque do jornal.



quinta-feira, 20 de dezembro de 2018

CAMPEÕES 2018

NOVOS CAMPEÕES MUNICIPAIS 2018 NAS CATEGORIAS VETERANOS E MASTER.

Categoria Veteranos - Campeão Prenda
Dia: 16 de dezembro de 2018
Local: Estádio Carlos Denardin
Jogo final: Prenda 3 x 1 Cruzeiro do Bairro Sulina
Marcadores: Gustavo Karlinski, Danilo Kruger e Antonio Matoso marcaram para o Prenda e Osmar da Silva descontou para o Cruzeiro.
O goleador foi Antonio Matoso com 7 gols e o goleiro menos vazado foi Danilo Kruger com 4 gols, ambos atletas do Prenda.

Veteranos Prenda, em pé: Gilmar, Betão, Fábio, Fábio Turra, Luciano, Charlei, Tábile, Diego, Noli, Toquinho, Danilo e Arlei. Agachados: Neco, Toninho, Gustavo,Venilton, Jair, Darci, Matozo, Evonir, Bruno, Jair, Biga, Ivo, Lucas e Rosalino.

Categoria Master - Campeão Esportivo de Bela União
Dia: 16 de dezembro de 2018
Local: Estádio Carlos Denardin
Jogo final: Esportivo 1 x 1 Prenda
Gols de Milton Seider(Esportivo) e Adelino Soares(Prenda)
Penalidades máximas: Esportivo 4 x 3 Prenda
Goleador: Milton Seider do Esportivo, com 9 gols e Noli Vieira da Silva do Prenda o goleiro menos vazado com 5 gols.

Master do Esportivo, em pé: Rudinei, Jairo, Darcisio, Vilar, Milla, Eduino, Valmir, Rosa, Roberto, Vilmar e Vande. Agachados: Giba, Amarildo, Milton, Osvino, Varnoli, Mello, Carlos e Xexéu.

Vale lembrar, que na Categoria Titulares, o campeão foi a Associação Planalto do Bairro Planalto e na Categoria Aspirantes, a Sociedade Esportiva Chapecoense do Bairro Cruzeiro.


segunda-feira, 26 de novembro de 2018

Por Onde Anda

JORGE AMADO FAGUNDES
(GRILO)

Nome, local de nascimento, filiação: Jorge Amado Fagundes, nascido em Santa Rosa, filho de Antilho Fagundes e Hélida Cezar Fagundes. 

Apelido: Grilo

Casamento: Casado com Teresa Patrício Bogado. Dois filhos: Antilho Fagundes Neto e Gabriela Fagundes. Uma neta: Júlia Fagundes.


Grau de escolaridade: Ensino Médio. 

Como foi a infância: Infância pobre, dificuldades para estudar, pois morava no interior. Isso tudo aconteceu em Santa Rosa em meados de 1965. 


 Vida esportiva: O início foi no Ferroviário Futebol Clube, como mirim e aspirante. No Paladino Futebol Clube de 1976 a 1977. No Dínamo Futebol Clube 1978 - 1994 e uma passagem pelo Esporte Clube Internacional de Santa Maria no ano de 1979. Fiz muitas amizades durante esse período, das quais prevalecem até hoje.


Clube pelo qual torce: Grêmio Futebol Portoalegrense.

Atividade atual: Funcionário Público Federal.

Mantem atividade relacionada com o esporte?  Sim, jogo futebol soçaite três vezes na semana.

Já foi treinador, dirigente ou algo similar? Já fui treinador de futebol varzeiro. Dirigente do Ferroviário F.C.


O que faz atualmente? Aposentado.







(Clique nas fotos para ampliá-la)
Raul Meneguini
Atanagildo G. Rorato
Fotos Jorge Amado Fagundes

terça-feira, 20 de novembro de 2018

Memórias do nosso futebol

INAUGURAÇÃO 
ESTÁDIO CARLOS DENARDIN

Texto descrito por Luiz Carlos Mello, referindo a lembranças da inauguração do Estádio Carlos Denardin de Santa Rosa, em 1957, num jogo amistoso entre Seleção de Santa Rosa e Grêmio de Futebol Portoalegrense, publicado na secção Almanaque Gaúcho de Zero Hora coordenado pelo Jornalista Ricardo Chaves. A publicação ocorreu  no dia 13 de novembro de 2018.

sexta-feira, 12 de outubro de 2018

FUTEBOL AMADOR


SOCIEDADE ESPORTIVA
CHAPECOENSE
Bairro Cruzeiro


A Sociedade Esportiva Chapecoense, foi fundada em 15 de novembro de 2017, por um grupo de jovens desportistas apaixonados por futebol do Bairro Cruzeiro: Paulo da Silva, Vinicius Klug, Jailson da Veiga, Marcos Wormann e Tiago Rahts.  
Segundo Paulo da Silva “ o nome foi escolhido em conjunto por tudo o que aconteceu com a Chapecoense lá em Santa Catarina uma homenagem.
Tendo como atual presidente Tiago Rahts, a Chape santa-rosense, tem sede no Bairro Cruzeiro e realiza seus jogos no campo do Ouro Verde.


Bandeira do clube

Este ano de 2018, fez sua primeira participação no Campeonato Municipal de Santa Rosa, nas categorias Titulares e Aspirantes. Embora, ainda um clube jovem, já deixou sua marca fazendo história, com a conquista do título máximo na Categoria de Aspirantes de forma invicta.
A campanha:
5 x 0 Nacional da Vila Agrícola
1 x 1 Guarani do Lajeado Pessegueiro
2 x 0 Farroupilha do Lajeado Reginaldo
0 x 0 Barcelona da Vila Bom Retiro (venceu nos pênaltis por 5 x 4).
1 x 1 Palmeiras do Bairro Gloria (4 x 3 nos pênaltis)
Foram 5 jogos, 2 vitórias e 3 empates, marcando 9 gols e sofridos 2, com saldo positivo de 7 jogos.
O time comandado pelo treinador Paulo da Silva, foi para o jogo final disputado contra o Palmeiras, no Estádio Carlos Denardin, na tarde de 30 de setembro, com determinação de ser campeão. No tempo regulamentar o placar foi de 1 x 1, com gol de Laoni Malaquias Gouchorski. Nas penalidades a Chapecoense venceu por 3 x 2, convertendo Laoni Malaquias Gouchorski, Luís Eduardo da Silva e Rodinei da Silva. E, assim o grupo se fez campeão.
Participaram também da campanha e que não aparecem na foto, por estarem suspensos, mas que tiveram a sua importância merecida para a equipe ser vitoriosa: Janilson, Adalberto, Cássio e Ale. 

Os campeões invictos

Categoria Titulares

NR: Um agradecimento ao Presidente Tiago Rahts e ao Paulo da Silva, estendido aos atletas, que colaboraram para que esta matéria fosse elaborada e postada no blog.
Fotos enviadas por Paulo da Silva

segunda-feira, 8 de outubro de 2018

Futebol Amador


ASSOCIAÇÃO PLANALTO
Bairro Planalto





Fundado no dia 23 de agosto de 2015, a Associação Planalto está sediada no bairro que lhe empresta o nome: Planalto. Clube novo que já organizado, disputa em igualdade com os mais experientes em competições municipais. No segundo ano (2016) disputando o campeonato municipal, alcançou o terceiro lugar. 

O clube que representa o Bairro Planalto, mesmo com pouco tempo de atividade desportiva,  obteve seu maior feito nesta temporada, se sagrando campeão de futebol de Santa Rosa, categoria principal, dia de 30 de setembro de 2018, ao vencer na partida final o Palmeiras do Bairro Glória, no Estádio Carlos Denardin. Placar final 2 x 1; gols de Gian Marcelo Siqueira e Robson Moisés da Veiga.


Associação Planalto - time de 2018 - Campeão.

A campanha invicta:
Primeira Fase:
3 x 0 Barcelona; 3 x 1 Atlético Real; 14 x 0 Corinthians; 1 x 1 Esportivo; 2 x 2 Palmeira.
Foram realizados 5 jogos na fase, sendo que 3 vitorias e 2 empates, tendo marcado 23 gols e sofridos 4 gols, com saldo positivo de 19 gols. Com estes resultados classificou-se em 2º lugar na chave.
Segunda fase: foram jogos eliminatórios: 4 x 0 Comercial; 2 x 0 Farroupilha(semi final) e na final uma vitória sobre o Palmeiras por 2 x 1.
No total, foram 9 jogos disputados: 6 vitórias e 2 empates, com  31 gols marcados e 5 sofridos.
Principais goleadores: Marcelo Fernando da Costa com 9 gols e Marcelo Dluzniewski com seis gols.


Categoria Titulares - 2018

Equipe da Categoria Aspirantes - 2018

Equipe de 2017

Time Categoria  Veteranos


Nossos cumprimentos a esta agremiação, pela sua garra, determinação e com muito espirito de luta, isso fez a diferença para ser um grande campeão. Parabéns, aos dirigentes, atletas e torcedores do bairro. A pouco nascido e já com histórias para contar.

Fotos Facebook e Jornal Gazeta Regional

quinta-feira, 23 de agosto de 2018

Por Onde Anda!


LAIR PERINI
  (Tatuzinho)

Nome, local e data de nascimento, filiação:  Lair Perini, natural de Cruz Alta/RS, nascido em 30/agosto/1938. Filho de José Perin e Silvia Lacerda Perini. 
Apelido - Tatuzinho
Casamento. Com quem, quantos filhos, netos e etc:  casado com Amélia Borges Perini, temos 04 filhos: Jussara, Marco Antônio, Maria Helena e Marco Aurélio; 06 Netos: Fabiano, Ezequiel, Maurício, William, Pablo e Luan;
01 Bisneto: Natanael.
Grau de escolaridade – Ensino Médio.
Como foi a infância, o que lembra com saudade: Acontecida na cidade de Cruz Alta, RS, jogando no estádio do Guarany F. C.
Vida esportiva (onde iniciou, em que clubes jogou – o que recorda desta fase: Iniciei jogando no Guarany F.C de Cruz Alta/RS. Em 1955 me transferi para o E. C. Aliança da cidade de Santa Rosa/RS, indicado pelo atleta do mesmo Guarany de nome Osmar Codinotti, de apelido Alma de Gato. Atuei pelo E. C. Aliança no período de 1955 até 1961, sempre joguei como ponta esquerda. Ajudei o E. C. Aliança nas conquistas dos campeonatos citadinos de Santa Rosa/RS, nos anos de 1955 a 1959, tendo em 1959 também conquistado o Campeonato Estadual de Amadores, Série Amarela. Em paralelo com o futebol trabalhei como mecânico na oficina do Sr. José Massulini, cuja oficina ficava no entorno da Praça Alemã, em Santa Rosa/ RS. No ano de 1961, me transferi para a cidade de Porto Lucena/RS, onde trabalhei na Oficina Mecânica do Sr. Guerino Barbieri e em 1963 retornei para a minha cidade natal Cruz Alta/RS, onde até hoje me encontro.
Clube (s) pelo qual torce.   Grêmio de Porto Alegre, RS.
Atividade atual – aposentado do INSS.
Mantém atividade relacionada com o esporte? Não
Já foi treinador, dirigente ou algo similar? Não.
O que faz atualmente? Aposentado pelo INSS.


(Clique nas fotos para visualizar em tamanho maior)

Fotos de Lair Perini, o Tatuzinho, 
no E.C. Guarany de Cruz Alta.






Fotos de Lair Perini, o Tatuzinho, 
no E.C. Aliança de Santa Rosa.


1955

1956
1957
1958

1959







A equipe do E. C. Aliança que jogou a primeira partida foi assim formada: Em pé, da esquerda para a direita: Artur Silva Ribas (Caieira-Técnico), Raul Meneguini, Rosalino Rigo (Pinga), Noly Valle de Oliveira (Sabiá), Darci, Paulo Rodrigues, Becler Wandscheer (Pinduca), Rubem Maicá, e um argentino. Agachados: Ivanir Taffarel, Valter Pereira, Pedria (Mulita), Pedro Paulo Primo Barili, Jarbas Tonel, Lair Perini (Tatuzinho) e Átila Weber (Massagista).Observação: No segundo tempo de jogo houveram diversas substituições, pois, o time brasileiro, ao final da 1ª etapa de jogo, perdia pelo escore de 3X0; uma das substituições efetuadas pelo Técnico Caieira, foi a entrada de Alceu Ambros Mallmann, que acabou marcando 03 gols, empatando o jogo. 
No dia 25/05/1959, aconteceu o segundo jogo da referida excurção, nesta oportunidade o adversário foi o Atlético Oberá.
O placar do jogo, foi de 5x4 para o Aliança. Fato inusitado: Cada atacante do E. C. Aliança marcou o seu gol. 








Plantel de Jogadores do E.C Aliança, antes de um treino no Carlos Denardin no ano de 1959.
Com este plantel sagrou-se Campeão Estadual de Amadores no mesmo ano.
Da esquerda para direita: Victorio Meneguini(tesoureiro), Eloi Pereira(Taquariano), Raul Meneguini, Adão, Edmundo Gund, Guido Fischer, Alberto Bastos(Tano), Bira, David Schitler, Menzel, Derli Teixeira, Pedro Dias(Mulita), Lelias Chunha, Ribeiro, Antenor Grizotti(Diretor de Futebol), Arthur Silva Ribas(Caieira-Técnico). Sentados: Rubilar, Tatuzinho, Prof. Rubens Maicá, Becler Wandscheer(Pinduca), Lückhemeir, Jarbas Tonel, Jurach, Luiz Mazzoco(Miquim), Ivanir Taffarel, Darci e Penicilina. Não estão na foto, mas que faziam parte do plantel: Decio Zohler, Darci Zohler(Nique), Nolly Valle de Oliveira(Sabiá), Alceu Mallmann, Valter Wienandts.




1960








1961





Raul Meneguini
Atanagildo G. Rorato