terça-feira, 8 de julho de 2014

Craques do nosso futsal

DANILO ERNESTO KRUGER

 

Nascido em 23 de outubro de 1974, na cidade de Santa Rosa, o gaúcho Danilo Ernesto Kruger, ex-goleiro da seleção Brasileira de Futsal e que atualmente defende as cores do CAD de Guarapuavá – PR, em férias na sua cidade natal, contou ao Jornal Gazeta Regional um pouco sobre a sua trajetória no mundo do esporte.
Danilo morava com seus pais na vila Timbaúva e em um pequeno campo atrás de sua casa, foi o começo dos seus primeiros passos no futebol. Danilo foi crescendo e disputando competições pela equipe do Tarumã, e aos 15 anos já integrava a equipe principal do Tarumã em campeonatos Municipais, sendo titular.
Em 1990, Danilo foi aprovado para integrar as equipes de base do Internacional de Porto Alegre. Durante o seu tempo no clube, foi comparado ao lendário Taffarel. Mas essa passagem durou apenas 6 meses, pois após a realização de um exame de estimativa de crescimento, foi constado que Danilo alcançaria no máximo a estatura de 1,80 cm, a qual ele possui, e que é considerada baixa para a posição de goleiro, assim sendo dispensado pela equipe do Internacional.
Após a volta à Santa Rosa, no ano de 1993 foi convidado pelo treinador Perigoso da equipe da SER Santo Ângelo, para integrar a equipe juniores que disputaria o Campeonato Gaúcho daquela categoria, sendo mais tarde Campeão Gaúcho daquele ano, após uma vitória de 1 a 0 em cima da equipe do Gaúcho de Passo Fundo.
No ano de 1994, Danilo voltou à Santa Rosa e disputou o Campeonato Gaúcho pelo Dínamo, atuando em várias oportunidades como titular. Em 1998 foi convidado a participar da equipe de Futsal do Santa Rosa, o qual disputou a série Prata daquele ano, se destacando na competição pelo fato de ter introduzido características de jogar com os pés ao futsal.
A partir daquela aparição destacada na Série Prata, a sua trajetória no cenário do Futsal Mundial começou a render frutos. Em 1999 foi Vice Campeão Gaúcho série Ouro pelo UPF (RS), em 2000 Campeão Gaúcho série Prata pelo Santa Rosa, (curiosidade: marcou 14 gols naquela edição), 2001 Rio Verde (GO), 2002 Internacional (RS) Campeão Copa Abertura-RS, 2003 Ipiranga de Frederico Westphalen, 2004-2008 Carlos Barbosa (RS) onde foi Campeão Mundial Interclube, em Barcelona (2004); bicampeão da Liga Futsal (2004/2006); campeão gaúcho (2007),  2009 Atlântico (RS), 2010 Cortiana (RS) Campeão Copa Gramado, 2011 Petrópolis (RJ) Campeão Copa Rio, 2012 – 2013 Maringá (PR) Bi Campeão dos jogos Abertos (PR) e atualmente atua pelo CAD de Guarapuava (PR) onde é Campeão da 1ª fase do campeonato Paranaense e está disputando a Liga Nacional.
Experiência na seleção Brasileira: as vésperas da disputa do Mundial em 2008, surgia a notícia que todo o seu esforço foi reconhecido, naquela oportunidade, Danilo teve a sua 1ª convocação na Seleção Brasileira de Futsal, a qual defendeu em 22 aparições, sendo em 2009 Campeão dos jogos da Lusofonia Lisboa-Portugal, e em 2010 Campeão Sul Americano em Medelim-Colômbia. Ainda no ano de 2011 foi Pré-convocado para o mundial.
Títulos individuais:  no ano de 2005 foi escolhido o melhor goleiro Sul Americano de clubes em Lima-Peru, em 2006 foi escolhido como melhor goleiro da Liga Nacional, 2008 escolhido melhor goleiro do Campeonato Gaúcho, 2008 melhor defesa do Mundial na Espanha e 2009 melhor defesa Lusofonia Lisboa-Portugal.
Enquanto morava em Santa Rosa, Danilo atuava nas equipes da região e conciliava o futebol\futsal com o trabalho na Gráfica Coli, onde tem o seu grande amigo, o empresário Wilson, o qual sempre o apoiou no esporte, e foi parceiro em seus treinamentos.
Dentre suas principais características, destacam-se: qualidade na atuação com os pés, boa colocação no gol, posicionamento e uma liderança muito positiva em todos os times pelo qual já passou. Danilo é sempre elogiado por sua conduta agregadora, o qual rendeu o apelido de Taffarel das quadras, pelas semelhanças sejam elas na aparência, local de nascimento, pelas defesas ou a importância deles para o clube.

Fernando Kronbauer

Nenhum comentário:

Postar um comentário