domingo, 27 de março de 2011

Segundona

Juventus perde pênalti no final , empata em casa, mas continua líder.

Juventus e Riograndense empataram debaixo de muita água, no Carlos Denardin.

No final da tarde deste domingo (27), o líder Juventus recebeu no Carlos Denardin a equipe do Riograndense. As equipes entraram em campo debaixo de muita água, mas os poucos torcedores que foram ao estádio conferiram um grande futebol apresentado pelas equipes.

Jogando em casa o Juventus foi para cima do Riograndense, e abriu o placar mas logo em seguida o time de Santa Maria empatou. Aos 27, Jonata aparou de primeira um cruzamento e de perna esquerda fuzilou a meta de Goico. Mas, quando ainda o Juventus comemorava o gol, veio o empate aos 29, através de Buda, num chute em diagonal sem apelação para o goleiro. E assim, terminou o primeiro tempo.

Antes do encerramento da primeira etapa a chuva já começava a prejudicar o gramado. A precipitação que ocorreu durante o intervalo, fez com que a boa drenagem do estádio não vencesse escoar o grande volume de água. Mesmo assim, os atletas de ambas as equipes buscaram a vitória, que esteve mais próxima do Juventus. Aos 37 minutos do 2º tempo, Douglas foi derrubado na área e o árbitro implacável, assinalou a marca penal. O arqueiro Doico recebeu o cartão amarelo pela jogada. Maicon destacado para a cobrança bateu fraco no canto direito do goleiro que fez a defesa. É o segundo jogo em casa que o Juventus perde pênalti. Quando do empate com o Milan, aconteceu o mesmo. Pênalti mal batido, e restou um empate em 1 a 1. Mesmo com este empate o clube santa-rosense continua líder de sua chave.

O Juventus deixou a vitória escapar nos últimos minutos jogando com: Vagner; Teco Carlão (Thomas aos 26 do 2º), João carlos e Tatto; Batata, Donavan e Jonata (Rodrigo aos 35 do 2º); Pito, Maicon e Giliardi (Douglas no intervalo). Técnico Gelson Conte. O Riograndense de Santa Maria obteve um grande resultado com: Doico; Adison (Fábio aos 20 do 2º), Morelli, Guilherme e Anderson; Davi, Maurício e Hebert (Diogo aos 43 do 2º); Miguel, Fábio Buda e Zé Carlos (Rone aos 27 do 2º). Técnico Jair Galvão.

Arbitragem de Anderson da Silveira Farias auxiliado por Charles Lorenzetti e Fernando Ribeiro Horbach. Foram acrescidos 2 minutos no 1º tempo e 4 minutos no 2º tempo, por atendimento a atletas e substituições.

Cartões amarelos: Buda aos 24, Mauricio aos 36 (RG) e Donavan aos 42(JU) todos no 1º tempo. Anderson aos 18, Fábio aos 32, Doico aos 38 e Miguel aos 47 (RG) na 2ª etapa.

O Juventus joga suas próximas partidas fora de casa. Na quarta feira em Júlio de Castilhos, contra o Milan e no domingo em Frederico Westphalen contra o União.

Vejas os gols da partida:



Nenhum comentário:

Postar um comentário