sábado, 1 de setembro de 2012

Historias do Futsal


 ESPORTE CLUBE SANTA ROSA




Fundação

Era final do ano de 1993. Com o rebaixamento do Dínamo FC que disputava a Divisão Principal do Campeonato Gaúcho de futebol, por três temporadas, um grupo de desportistas, funda em 22 de novembro, o EC Santa Rosa. Mas, o Dínamo recuou do seu licenciamento da FGF e voltou em 1994 a disputar a Segundona, fechando as atividades esportivas no ano seguinte. O Santa Rosa, então se volta para o futsal.  Aliás, um espaço deixado pelo Juventus AC e posteriormente pela S.E.R. Concórdia.
O EC Santa Rosa disputou a Série Bronze de 1994/95, a Série Prata de 1996 a 1999 e a Série Ouro em 2000.

Conquista

Seu principal título foi o conquistado em 1999, jogando em Erechim contra o Atlântico, sagrando-se campeão estadual da serie.

Presidentes

Jacob Luciano Gauer – 1993/94
Paulo Adir dos Santos - 1995
João Kunst - 1996/98 e 1999
Jesus Beccon  - 1997
Telmo Ricco Anes - 1999
Jorge Oliveira – 2000

A estréia

Ocorreu jogando fora de casa, em 21 de abril de 1994, na cidade de Cerro Largo com uma vitória de 4 a 2 sobre o Aurora.
Em casa, sua estréia foi no sábado seguinte no Ginásio Dom Bosco, com a presença de 1.880 torcedores e uma bela vitoria sobre o Santa Bárbara pelo placar de 9 a 5.
Embora de vida curta (seis anos) o Santa Rosa realizou belas campanhas e memoráveis jogos nas series que disputou, sempre levando bom publico nos jogos em casa, onde era temido pelos adversários. 

Destaques

O atleta prata da casa Telmo Junior, foi um dos melhores jogadores do clube. Em 1999, quando do titulo estadual, anotou 51 gols, seguindo por Fábio Maicá com 25 gols e Gian com 24. Jogou 31 vezes, marcou 174 gols e sofreu 151. Obteve 17 vitórias, 10 derrotas e 4 empates. Foi o ano da consagração, pois, além do título houve o tão almejado acesso para a Série Ouro.
O maior artilheiro da história foi o atleta Jairo Beal com 103 gols em quatro temporadas. Em 1997 a  Federação concedeu o troféu de melhor jogador da Série Prata. O goleiro Danilo,  de grande destaque, além de jogar no Santa Rosa, atuou em vários clubes do Brasil e chegou a vestir a camisa da seleção brasileira de futsal.


Série Ouro

Para fazer bonito, o Santa Rosa, em 2000, contrata o consagrado técnico Paulinho Sananduva que apoiado pela Diretoria monta um grande time para disputar a Série Ouro. Fez uma boa campanha e permanece na Série Ouro. Mas, devido a problemas financeiros, falta de patrocínio, sucumbiu, e cessou suas atividades naquele ano. Em seis anos, a torcida santa-rosense lotou o Ginásio Dom Bosco por várias vezes, em grandes e decisivos jogos, com aquele com o Juventude de Caxias do Sul, ainda na Série Prata, que até então estava invicto, e perdeu para o Santa Rosa (5 a 4) numa noite memorável para o nosso futsal.

Futebol de Campo

Além do futsal, o Santa Rosa estruturou categorias amadoras. Em 1995, investiu no futebol de campo e disputou um campeonato regional, não oficial. Chegou a final para disputar o titulo com a Associação São João Batista do interior de Tucunduva. Venceu a primeira em casa pelo placar de 1 a 0. No segundo jogo disputado em Esquina Tucunduva, perdeu por 3 a 0. A vitória veio nos pênaltis por 4 a 3. O time base: Danilo, Luizinho, Fábio, Paulo, Marcelo, Fredo, Venildo, Rufino, Criveleto, Rezende, Claudio, Biga, Augusto e Grilo.





Nenhum comentário:

Postar um comentário