quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Juventus x Guarany de Camaquã

Mesmo jogando bem, Juventus empata em casa.

Em pé: Donovan, Giovani, Fred, Alieri e João Carlos. Agachados: Bruno,
Serginho, Fabinho, Teco, Tatto e Luther. Foto: Pavel Bauken


Com a presença do maior público do ano e um belo jogo de futebol, o Juventus jogou nesta noite, 21/20, no Estádio Carlos Denardin, ás 20 horas com o Guarany de Camaquã, inicando a fase do mata-mata.

Foto: Pável Bauken

A equipe juventina, sabendo que era decisivo e que a vitória em casa era fundamental, começou bem o jogo, tocando bem a bola, com jogadas trabalhadas, e pressionando a equipe visitante. Disto, surgiu várias oportunidades mas que não foram transformadas em gol.
O que o Juventus mais temia, era tomar gol em casa. E, ele aconteceu. Aos 9 minutos, numa indecisão entre o zagueiro Fred e o goleiro Altieri, a bola sobrou limpa para o centro avante Paraíba que apenas teve que tocar a bola para a rede. O Juventus não se intimidou e ainda empatou na primeira fase, aos 36, numa jogada trabalhada dentro da área o ponta Tatto empatou.
No segundo tempo, precisando da vitória aos 2 minutos o zagueiro João Carlos marca para o Juventus, depois de um cruzamento, a defesa camaquense falha e ele manda para a rede. Parecia que a vitória viria, mas 4 minutos depois, o lateral Márcio, dribla dento da área, limpa a jogada e decreta o empate: 2 a 2.
A partir daí, a situação no jogo ficou difícil. O Guarani, explorava os contra ataques e os jogadores começaram a matar o tempo, caíndo no gramado, tanto que o árbitro acresceu 7 minutos no final do jogo.
O Juventus formou com: Altieri: Teco, Fred (John, aos 47 do 2º), João Carlos e Luther (Cristiano aos 35 do 2º): Serginho, Donovan e Fabinho: Giovani (Evandro aos 28 do 2º) Bruno Flores e Tatto. Técnico Marcelo Baron.
O Guarany conquistou um grande empate com: Douglas Motter: Alex Oliveira, Flávio (Maurício aos 36 do 2º), Valença e Márcio: Belmonte, Douglas e Vandré (Jacson aos 36 do 2º): Sampaio, Rafael Paraíba e Hiroshy (Júnior aos 45 do 2º). Técnico: Paulo Henrique Marques.
Arbitragem de Rudnei Braga Correa auxiliado por Sedenir Martins e Edemar C. Palmeira.
Cartões amarelos: Juventus: Sérginho aos 10, João Carlos aos 16 e Luther aos 31 todos no 2º tempo. Para o Guarany: Hiroshi aos 5 do 1º e Belmonte aos 5 do 2º tempo.

Foto: Pavel Bauken

O próximo jogo será em Camaquã, no Estádio Cel. Silvio Luís, jogo da volta, domingo,24/10, as 16 horas, onde o Juventus, somente com a vitória passará para a próxima fase da Copa Enio Costamilan.

Nenhum comentário:

Postar um comentário