domingo, 15 de maio de 2011

Raio-X da Segundona Gaúcha

Somando-se os pontos das duas fases da competição até aqui, o Juventus e o Brasil-Fa são os times de melhor campanha

Terminada a segunda fase, dez equipes ainda seguem vivas na briga pelo título da Série B do Gauchão e, consequentemente, pelas duas vagas de acesso à Série A. O Riograndense continua na briga e ainda alimenta o sonho de comemorar o seu centenário na elite do futebol gaúcho. Confira na sequência alguns números da disputa que começa no próximo domingo.

1ª Rodada:
11h – 14 de Julho x Glória (Grupo 11)
14h – União Frederiquense x Avenida (Grupo 10)
15h30min – Cerâmica x Riograndense (Grupo 11)
20h – Brasil-Pel x São Paulo (Grupo 10)
Folgam na rodada: Brasil-Fa (Chave 10) e Juventus (Chave 11)

Destaque para o encontro entre Rodrigo Bandeira (técnico do União) e Rafael Dias (preparador físico do Avenida), que se desentenderam no ano passado quando trabalhavam juntos no Riograndense.

Entre as dez equipes classificadas para a 3ª fase, três fizeram parte do Grupo 4 da primeira fase (Juventus, Riograndense e União), o que também ocorre em relação a Chave 1 (Brasil-Pel, São Paulo e 14 de Julho). As chaves 2 (Cerâmica e Brasil-Fa) e 3 (Avenida e Glória) só têm dois representantes nesta terceira fase.

Somando-se os pontos das duas fases da competição até aqui, o Juventus e o Brasil-Fa são os times de melhor campanha, com 39 pontos e 12 vitórias cada. Lembrando que todas as equipes jogaram 18 jogos na Série B. Na sequência vêm Avenida e Glória (35 pontos), Brasil-P (31), São Paulo (30), Cerâmica (27), 14 de Julho (26), União (24) e Riograndense (22).

O melhor ataque é do Juventus com 42 gols, seguido por Brasil-Fa (33) e Avenida (32). Os piores ataques são do Brasil-Pel e do Cerâmica com 19 gols apenas, seguidos de perto por 14 de Julho e União (21 gols cada). A melhor defesa é do Brasil-Pel com apenas 11 gols sofridos em 18 jogos, seguido pelo Avenida (14) e Brasil-Fa (15). A pior defesa pertence ao União Frederiquense, que sofreu 25 gols. As outras duas piores defesas são as de Riograndense e Juventus, com 24 e 23 gols sofridos, respectivamente.

Os artilheiros da Série B são dois jogadores do Juventus de Santa Rosa, dona do melhor ataque do campeonato: Douglas e Maicon, ambos com 11 gols. Rodrigo Zeferino (Esportivo, já eliminado) tem dez gols, já Juninho Laguna (Passo Fundo) e Vinícius Chimbica (Glória) têm 9 gols. Como o Passo Fundo também já está fora, o artilheiro do time de Vacaria é quem mais se aproxima dos dois homens-gol da Segundona até agora.

Fonte: Segundongaucha.com.br - Anderson Carpes, Daniel Isaía, Saul Pranke e Tiago Medeiros

Nenhum comentário:

Postar um comentário