domingo, 29 de abril de 2012

Série A2

Vitória da dignidade: Juventus vence o Milan na manhã deste domingo.


Comentários  que o tricolor entregaria o jogo para o Milan ou que o Panambi havia enviado dinheiro para vencer. Está não foi a lógica do jogo. Os atletas do Juventus, aqueles que entraram em campo, que vestiram o uniforme  juventino, com muita garra e determinação, souberam honra-lá. A dignidade e a personalidade do atleta nestes momentos são importantes, pois, estão representando um clube vitorioso e uma cidade. Não é de outra forma que poderia se esperar.
Embora, rebaixado, o Juventus entrou disposto a vencer o jogo. E foi o que fez durante toda a partida. Foi para cima do Milan e abriu vantagem ainda na 1ª etapa por 2 a 0, com gols anotados por Matheus aos 36 e o zagueiro Cristiano aos 42.
Na segunda etapa o Juventus administrou o resultado. O Milan que precisava  da vitória encontrava obstáculos na boa defesa tricolor. Aos 10 minutos, Bonaldi apanhando um rebote na pequena área fez o gol do Milan. A  partir de então, o Milan tentou esboçar reação, mas o Juventus em contra ataques desperdiçou oportunidades vivas de gols, pecando na displicencia dos atacantes.
 Independente do momento vivido, foi a  vitória dos que tem vergonha na cara. Foi a terceira partida comandada pelo Técnico Marcelo Baron e sua segunda vitória. O próximo compromisso do Juventus, pela 17ª rodada, a penúltima,  será no feriado nacional da  terça-feira, 1º de maio,  contra o União, no Estádio Vermelhão da Colina, na cidade de Frederico Westphalen.

FICHA DO JOGO

JUVENTUS 2 X 1 MILAN  - Estádio Carlos Denardin, Santa Rosa/RS. Horário: 10h15min.
JUVENTUS: Luciano: Tainã, Leandro Magrão, Cristiano e Japa: Diego Eli, Diego Salini (Wiliam Gonçalves no intervalo) e João Eleno: Renan(Mano Garcia aos 28/12), Matheus e Lucas(Cinval aos 16/2). Técnico Marcelo Baron.
MILAN: Romário: Galo(Marcinho no intervalo), Bonaldi, Tino e Randerson(Jean aos 40/1): Fabricio, Gonçalves e Japa Ballack: Bolacha, Rone e Baiano(Alfinete no intervalo). Técnico Valduino Anderson da Rosa Alves.
Arbitragem de Mário André Schiavo auxiliado por Franciel Horn e Jonas André Crls.
Gols: Matheus aos 36 e Cristiano aos 42, primeira etapa, ambos do Juventus, descontando Bonaldi aos 10 da 2ª etapa para o Milan.
Cartões amarelos: Diego Eli(J) aos 17/1, Japa(J) aos 18/2, João Eleno(J) aos 30/2 e Tainã(J) aos 39/2: Japa Ballack(M) e Bonaldi(M) ambos aos 28/2.
Cartão Vermelho: Bolacha aos 46  da 2ª etapa por agredir com um ponta pé o adversário que estava caído no gramado.
  

Nenhum comentário:

Postar um comentário